1. Apresentação

Nanoarte, a Arte Nano

A nanoarte não é simplesmente a observação de algo muito pequeno, ou, o que os nossos olhos não podem ver nus.A nanotecnologia, que executa o caminho para a nanoarte, é a própria arte em seu mundo invisível, onde a tecnologia (tékhné, grego = arte/ciência) nos propicia o desconhecido.A nanoarte é criação, é a capacidade de observar e manipular. Alterar a percepção do observador, com isto criando uma tensão e tenção quanto ao observado. Neste momento alterando o estado de consciência.Mas, o que é consciência?Consciência é conhecimento. O ser humano, o mesocosmos, em relação à nanoarte, o microcosmos e ao universo, o macrocosmos, se apresenta ciente de sua condição. O conhecimento, consciência, desta trindade nos posiciona em relação às coisas. As coisas podem simplesmente ser coisas, mas, a compreensão, nos eleva e com isto o elemento ‘é’. Este estado de ‘ser’, na arte, é a plenitude de composições, e compor, como na música, é ter a capacidade de desenvolver o estado elementar. Nós, humanos, alquimistas de nós mesmos, encontramos na nanoarte a possibilidade de ser criador, ou seja: a criatura cria!Esta exposição no MuBE, organizada pela Curadora Anna Barros tem a singularidade de colocar em evidência uma nova visão do mundo e no mundo. Onde, o nano se transforma em arte, e esta arte modifica o meio.Modificando o meio, modificaremos a nós mesmos.A arte é transformação, a nanoarte e a complexidade, a complexidade é a Lei que rege o nosso Universo.

Olivio Guedes – Diretor MuBE

§ 2 Respostas para 1. Apresentação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: